Rechercher dans ce blog

dimanche 26 novembre 2017

No espelho, teu sorriso
Ja conheço tudo o que faz
Parte de vôce

Nao posso te olhar
Porque todas minhas pensamentos
Jà sao dentro de vôce

Diz me como te chamar
Gêmeo, alma irma
Ou próxima chama

Queria saber
O que pensas
O que esperas
Pra me-lançar
Sobre de linha

Um equilibrista
Com duas cores
No maes

Sou disfarço
Você e ja uma lembrança
De tudo o que foi
De tudo o que sonhei



Aucun commentaire:

Enregistrer un commentaire